Economia doméstica: dicas para ajudar você a gastar menos dentro de casa

Os cuidados com os gastos domésticos também precisam ser levados em consideração quando falamos de controle de finanças pessoais. Junto com a ideia de economizar, está a sustentabilidade e a preocupação com o planeta. 

Com pequenas mudanças nos hábitos diários você já consegue sentir a diferença no final do mês. 

Preparamos para você algumas dicas para lhe ajudar com a economia doméstica. Confira!

Geladeira: mantenha o seu refrigerador sempre cheio! Os espaços vazios demandam de um maior esforço do motor para manter os alimentos congelados.
Ajustar corretamente o termostato também faz diferença na sua conta de luz, por isso, verifique as instruções no manual e tome conhecimento sobre o melhor posicionamento de acordo com o volume de alimentos e a temperatura externa. 
Evite abrir a geladeira a todo momento, não coloque alimentos ou panelas quentes e mantenha-a longe de fontes de calor.

Chuveiro Elétrico: o chuveiro representa de 25% a 35% do valor da conta de energia. Então, não esqueça de em dias menos frios, utilizar a opção de verão e se ele for pressurizado, desligue a função turbo, pois assim irá desligar o motor que garante maior pressão na saída de água, gastando menos energia. 

Computador: se não estiver usando, desligue o monitor, pois é a parte que mais consome energia.

Eletrodomésticos: deixe-os sempre desligados da tomada quando não estiver utilizando, afinal, qualquer luz dele que permaneça acesa, também gastará energia. 
Se possível, compre eletrodomésticos de classificação “A”, pois os que possuem o selo da Procel com essa classificação, consomem menos energia em seu uso.
Evite utilizá-los no horário de pico, onde acontece o maior consumo de energia, estabelecido entre 18h e 22h.

Lâmpada: 15% a 25% da sua conta de energia elétrica é responsabilidade da iluminação. Por isso, aproveite ao máximo a luz natural durante o dia, e se possível, planeje os ambientes de forma a receber a luz do sol, sempre deixando as cortinas abertas.
Ainda que seja algo óbvio, é muito importante adotar como um hábito apagar as luzes ao sair de um cômodo. Utilizar lâmpadas de LED ou fluorescentes também pode reduzir o consumo de energia.

Fogão e forno elétrico: para ajudar na economia de energia do forno elétrico, asse mais de um prato por vez e não fique espiando a sua comida para evitar que o calor se perca. Dessa forma, você também irá economizar no gás, em casos de fogão à gás.
Na hora de cozinhar, mantenha as panelas com tampa. Deixá-las abertas demanda uma quantidade maior de gás para o cozimento adequado. 

Máquina de lavar roupas: utilize sempre em sua capacidade máxima de volume de roupas, que é estipulada pelo fabricante, e mantenha o filtro sempre limpo, pois assim o motor rende mais, reduzindo o consumo de energia. 
Você também pode utilizar a água da máquina de lavar para limpar outras áreas da casa, como o quintal. Além de economizar na água, ela já vem com sabão. 

Alimentos: uma boa dica é reaproveitar as sobras. Na internet, existem muitas receitas que utilizam cascas e sementes, que na maioria das vezes seriam jogadas no lixo.
Se você possui espaço para uma horta, não deixe de cultivar plantas, além de contar com alimentos frescos e sem agrotóxicos, você ainda irá economizar no mercado. Caso não tenha espaço, você também pode optar por um jardim vertical. 
Congelar os alimentos é uma excelente opção para o bolso não pesar com compras desnecessárias. Congele as refeições que sobraram para manter a sua qualidade e tenha mais refeições com o mesmo alimento.

Supermercado: sempre vá ao mercado com uma lista em mãos, contendo apenas aquilo que está faltando em sua casa. Isso garante que você não se desconcentre e acabe comprando algo a mais do que realmente precisa.
Criar um cardápio semanal para as suas refeições também pode te ajudar a economizar. Isso acontece porque, com um cardápio, a sua ida ao mercado será apenas para comprar os itens necessários para preparar essas refeições. 
Uma dica valiosa é nunca ir ao supermercado com fome. Escolha o momento das compras com sabedoria.

Aplique essas dicas de economia doméstica e mantenha seu dinheiro sob controle. Com essas pequenas atitudes, você já irá sentir a diferença.

Deixe uma resposta